Belém, no Pará

Carregando o título de Metrópole da Amazônia, em seus quase 400 anos de existência Belém tem muita história para contar.

Com momentos de plenitude, como o auge do período da borracha, no começo do século XX, a cidade atraiu muitos europeus que trouxeram consigo traços da sua cultura, visíveis hoje na arquitetura dos edifícios, igrejas e casarões, que também possuem influência do período colonial.

Além de ser conhecida por seus símbolos culturais representados pelo Círio de Nazaré, o mercado Ver-o-Peso e o delicioso Pato no Tucupi, a cidade tem muitas atrações históricas e modernas para oferecer aos visitantes, sem contar sua importância cultural, econômica e política no cenário nacional.

Onde ir

Desde 2000, Belém tem passado por um processo de revitalização em seus monumentos, que são recuperados sem perder as características originais. Esse cuidado com a história tem atraído ainda mais turistas, que hoje podem conhecer a Estação das Docas, antes apenas um conjunto de armazéns abandonados no porto, às margens da baía do Guajará.

Belém
Restaurada, hoje a Estação das Docas é um centro de lazer na cidade

Revitalizado, mantendo sua bela estrutura de ferro inglês, hoje o local possui paredes de vidro, ar condicionado e tem prestígio como espaço gastronômico e cultural, onde estão bares, restaurantes, lojas, cinema e exposições de arte.

Assim também é o antigo presídio São José, hoje Polo Joalheiro onde fica o Museu das Gemas do Estado e a Casa do Artesão; e a Casa das Onze Janelas, um belo sobrado que abrigava o hospital militar e hoje opera uma galeria de arte.

Os monumentos históricos têm ainda o Theatro da Paz, construído no Ciclo Da Borracha, e belíssimas igrejas, como a Catedral da Sé, de onde sai o Círio de Nazaré, e a Basílica de Nazaré, ponto de chegado do Círio, que com mais de dois milhões de participantes, é a maior procissão católica do Brasil.

Belém
Fachada do Theatro da Paz, em Belém

Além dessas heranças históricas, Belém possui atrações como o Mercado Ver-o-Peso, local de encontro da população e ótimo lugar para os turistas experimentarem aromas e sabores da região, encontrados nas barraquinhas que vendem frutas, temperos e ervas.

Belém
Em azul, o Mercado Ver-o-Peso destaca-se no cenário da cidade

Para quem sempre está em contato com a natureza, a cidade possui parques como o Mangal das Garças, localizado às margens do Rio Guamá, com diversas espécies da flora e fauna nativas, além de uma vista incrível; e o Parque Emílio Goeldi, uma mini floresta ideal para quem viaja com os filhos, com lagartos, cutias e bichos-preguiça circulando livremente pelo local.

Belém
Vista áerea do Mangal das Garças

Onde comer

O Pará conta com uma culinária exótica, com pratos famosos no país, como o Pato no Tucupi e o Caldo de Tacacá. Essas receitas podem ser provadas em barraquinhas montadas pela cidade e também em restaurantes de comidas típicas, localizados em sua maioria no Centro e em bairros vizinhos, como Nazaré e Cidade Velha.

Se você incluir a Estação das Docas, o Mangal das Garças ou a Casa das Onze Janelas em seu roteiro, também encontrará nesses lugares ótimos estabelecimentos gastronômicos.

Belém
Na Casa das Onze Janelas há um restaurante que serve pratos típicos da região

Outras dicas são o restaurante Lá em Casa, na Avenida Governador José Malcher, que serve comida regional e possui uma bela decoração amazônica, e o Tapioquinha de Mosqueiro, na Rua dos Pariquis, que oferece um cardápio com 70 opções de tapioca.

Onde fazer compras

Para quem gosta de artesanato e produtos típicos da região que visita, e quer levar um exemplar para casa, Belém oferece uma infinidade de artesanatos feitos em cerâmica marajoara e tapajônica, com objetos como vasos e utilitários, encontrados nas lojas da Avenida Presidente Vargas. Na avenida, você encontra também bombons de frutas típicas e peças indígenas como arco, flecha, cestos e colares.

Onde se hospedar

Com diversas opções de hospedagens, Belém satisfaz a todos os seus visitantes, sejam eles executivos ou turistas em busca das belíssimas atrações da cidade.

Uma opção é o Soft Inn Batista Campos, que se destaca com sua estrutura sofisticada e muito conforto, além de uma diária econômica. Seus apartamentos são modernos, práticos e oferecem um descanso perfeito, com muita tranquilidade.

Outra dica de hospedagem é o Tulip Inn Nazaré, localizado no centro da cidade, com uma estrutura completa e serviços de qualidade, aliados a apartamentos aconchegantes e uma moderna área de lazer.

Tem mais dicas de Belém? Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *