Joinville, a Cidade das Flores

Maior cidade de Santa Catarina, Joinville fica no nordeste do estado, a uma distância razoavelmente pequena tanto de Curitiba quanto de Florianópolis.

Devido à sua localização estratégica, por muitos anos a cidade era vista como local de passagem entre os destinos do sul do Brasil, ou então um lugar de negócios, tendo outras características deixadas de lado.

O que conhecer

Embora pouco valorizada, a cidade conhecida como “Cidade das Flores” tinha muito mais a oferecer, a começar pela curta distância de São Francisco do Sul, uma das praias mais visitadas de Santa Catarina.

Sua colonização alemã, oriunda do dono das terras onde hoje está a cidade, o senador alemão Christian Mathias Schroeder, deixou marcas tanto na arquitetura quanto na cultura de Joinville, que hoje possui nas ruas do centro da cidade muitos traços germânicos, como as casas construídas em enxaimel – paredes montadas com hastes de madeira encaixadas entre si.

Joinville
As casas de arquitetura enxaimel são características em Joinville

Para saber um pouco mais sobre os imigrantes alemães e o impacto causado, você pode visitar o Museu de Imigração e Colonização, localizado em um casarão que hospeda o rico acervo composto de objetos utilizados pelos imigrantes.

Em frente ao casarão está a Rua das Palmeiras, um dos cartões postais da cidade. Ali, você pode acomodar-se em um dos bancos ou na grama e admirar as palmeiras, as de maior estatura plantadas em 1873.

Joinville
A belíssima Rua das Palmeiras, cartão postal da cidade

Na área do turismo natural, destacam-se o Parque Zoobotânico, no Morro do Boa Vista, com uma grande variedade de fauna e flora típicas da região, um parquinho e quiosques para piquenique; o Parque Caieira, na zona sul de Joinville, onde há um pedaço da Mata Atlântica e trilhas para caminhada, além de um mirante com vista para a Baía da Babitonga; e o Mirante, localizado no topo do Morro do Boa Vista, uma das principais atrações da cidade. Com 250 metros de altura, lá de cima é possível avistar a cidade todo, incluindo a Baía da Babitonga.

Joinville
Do Mirante de Joinville é possível ter uma vista panorâmica de Joinville

Já no campo cultural, os turistas podem conhecer o Museu Arqueológico de Sambaqui, na Avenida Beira-Rio, onde os visitantes veem fósseis e conhecem a história dos sambaquis da região e o Expoville, localizado na entrada da cidade; o local possui lago, centro comercial onde é possível encontrar diversas lembranças típicas da cidade, pista de automodelismo, parquinho e um expocentro para eventos.

Além dessas atrações, Joinville hospeda há mais de 70 anos a Festa das Flores e o Festival de Dança de Joinville, o maior do mundo no gênero, há mais de 30 anos.

Joinville
A Festa das Flores é tradicional em Joinville

Onde comer

Com a forte influência alemã, a gastronomia típica de Joinville não poderia deixar de lado os traços germânicos. Para encontrar comida alemã de qualidade, vá ao Restaurante Grün Wald, na BR-101. Entre as delícias do cardápio estão o Marreco ao Forno de Lenha, o Eisbein e o Kassler, ale de um buffet com cardápio variado.

Outra opção é a Rua Visconde de Taunay, uma via gastronômica com muitos bares e restaurantes, como a Churrascaria Chimarrão e o Kib’s Cozinha Árabe.

Onde se hospedar

Joinville possui ótimas opções de hospedagem que agradam a todos os tipos de visitantes. No centro da cidade, na Avenida Juscelino Kubitschek está o Blue Tree Towers Joinville, um hotel imponente, com estrutura completa que inclui business center, sala de ginástica e sauna, além de apartamentos confortáveis e um restaurante com cardápio bastante saboroso.

Outra opção é o Le Canard Joinville, na Rua XV de Novembro, que oferece atendimento excelente e instalações de qualidade.

Com apartamentos modernos e aconchegantes, os hóspedes têm à disposição tudo que precisam em sua estada em Joinville. Além disso, o hotel serve um dos melhores cafés da manhã da cidade, com mais de 50 itens no cardápio.

E você, tem mais dicas sobre Joinville? Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *