Potencial do turismo outdoor

A crescente demanda pelo “ecoturismo” ou turismo outdoor e suas variantes, como o turismo de aventura, diferentemente do turismo convencional, não se deve somente a propagada estabilidade econômica do país ou ainda a eminência de eventos importantes como a Copa do Mundo e a Olimpíada.

É evidente que essas questões influenciam neste crescimento, mas o fato do Brasil ser um país de proporções continentais, oferecendo climas extremos e ambientes diversos, favorece esse tipo de turismo.

Além disso, possuímos ainda um grande potencial natural pouco explorado em diversas regiões, devido em alguns casos ao pouco ou nenhum interesse de autoridades locais em seu desenvolvimento.

Apenas como exemplo de ótima publicidade e exploração dos potenciais de turismo natural, podemos citar Bonito em Mato Grosso do Sul e a bucólica cidade de Brotas no interior de São Paulo que há muitos anos investem em divulgação e estrutura logística para atrair esse crescente público “outdoor” interessado em atividades com maior contato com a natureza.

Como locais com imenso potencial para essas atividades, mas, por motivos diversos, pouco conhecidos do público em geral podemos citar o Vale do Itararé entre os estados de São Paulo e Paraná com cachoeiras paradisíacas e cânyons incríveis, a belíssima região da pequena cidade de Aiuruoca em Minas Gerais, com mirantes de paisagens a perder de vista, trilhas e cachoeiras de fácil acesso, além das opções culturais e gastronômicas. A região de Extrema no sul de Minas Gerais, pouco explorada pelo turismo convencional, também oferece opções de trekking, vôo livre, off road e rafting.

Soldier Adventures
Soldier Adventures

Até mesmo na maior metrópole do Brasil, se encontram opções de ecoturismo e aventura pouco explorados e quase exclusivos. Em São Paulo temos áreas de proteção ambiental e parques muito bem cuidados e protegidos que são pouco aproveitados e conhecidos até pelos próprios paulistanos.

A Serra da Cantareira, por exemplo oferece trilhas, mirantes e cachoeiras, locais para prática de esportes verticais como arvorismo, escalada e rapel, além de vários níveis de trilhas para off road.

O Jardim Botânico de São Paulo é uma ótima opção para a observação não apenas da flora, mas também da fauna característica da mata atlântica. E na região da represa de Guarapiranga é possível praticar diversos esportes náuticos, com instrutores especializados e equipamentos especiais.

Soldier Adventures
Soldier Adventures
Soldier Adventures
Soldier Adventures

Cabe ao empresário de turismo atentar para essas opções e aproveitar essa crescente demanda, incentivando o turismo “não convencional” muitas vezes em locais mais próximos e até mais baratos, que podem ser uma grata surpresa e ser uma ótima opção para o simples “turista outdoor” ou até para o mais ousado viajante aventureiro.

Soldier Adventures Turismo de Aventura

www.soldieradventures.com

Ecoturismo. Um pouco da história e roteiros para Ecoturismo no Brasil

Viver em sustentabilidade é usufruir o que se tem sem prejudicar a natureza e as gerações futuras. E essa tendência vem se tornando um verdadeiro estilo de vida e adquirindo mais adeptos. Para muitos, pensar em se divertir de forma ecológica é algo complicado, porém, recuperar o que já foi destruído na natureza é muitas vezes mais difícil. Pensando nessa conciliação que deve existir entre a sociedade e o meio ambiente, surgiu o ecoturismo, uma forma de turismo voltada para a apreciação dos ecossistemas em seu estado natural, com sua vida selvagem e população nativa intactas.

O Ecoturismo ganhou sua força depois da Segunda Guerra Mundial, quando as melhorias tecnológicas e trabalhistas evoluíram, dando condições às pessoas das mais variadas classes sociais a realizarem uma viagem. Porém, essas condições favoráveis para as viagens, deixaram os locais vulneráveis à degradação por parte das pessoas menos esclarecidas sobre a importância de se preservar a natureza. A partir disso, começou a se perceber a necessidade em encontrar uma forma que o turismo fosse praticado sem que o meio ambiente fosse prejudicado.

O Brasil é um dos países que mais possuí opções de roteiros de ecoturismo, principalmente por possuir uma grande diversidade de ecossistemas, as opções de destinos são inúmeras, selecionamos alguns lugares bacanas que valem a pena serem visitados por você, sua família e amigos. Veja a lista abaixo:

Ilha Grande – Rio de Janeiro

Ilha Grande em Angra dos Reis
Ilha Grande em Angra dos Reis - Fonte: angra.rj.gov.br

Localizada no município de Angra dos Reis, a Ilha Grande é uma das preciosidades do país. O local tem ao todo 193m² cobertos por uma densa mata atlântica, sete enseadas e aproximadamente 106 praias. Com tanta área preservada, a Ilha consiste em um refugio natural para muitos animais e também um local de proteção para recursos genéticos de espécies típicas da mata atlântica. Para quem pretende visitar e ficar hospedado em um hotel no Rio de Janeiro, o passeio também é recomendado.

Brotas – São Paulo

Cachoeira em Brotas
Ecoturismo e Aventuras em Brotas - SP

Brotas é uma cidade pequena que faz jus à imagem de município do interior. O ecoturismo e os esportes de aventura são os maiores atrativos da cidade. Por lá, existem tantas atividades que não é possível se fazer tudo em apenas uma visita, então, a dica é ficar na cidade o tempo suficiente para aproveitar todos os detalhes. Para quem gosta de esportes radicais, Brotas é um verdadeiro paraíso. Rafting, bóia-cross, arvorismo, tirolesa, rapel, canyoning, cavalgadas e muitas outras atividades podem ser feitas por lá.

Bonito – Mato Grosso do Sul

Lagoa de Bonito
Belezas da cidade de Bonito - MS

Não a como discordar daquele velho trocadilho “Em Bonito, tudo é realmente muito bonito”. A cidade localizada na Serra da Bodoquena abriga a maior extensão de florestas preservadas do Mato Grosso do Sul e possui também o maior aquário de água doce no Brasil. As opções de ecoturismo são várias: banhos de cachoeira, trilhas, treking, mergulho, entre outras coisas. Se você deseja saber mais informações sobre a cidade, as atividades e as belezas do local, a dica que a FalaTurista lhe dá é o blog sobre Bonito e o Pantanal. O blog é super completo e vale muito à pena conferir as matérias de lá.

Castro e Tibagi – Paraná

Cânion Guartelá - Paraná
Cânion Guartelá - Paraná

Entre as duas cidades do interior paranaense fica localizado o Cânion Guartelá. Ele é o 6º maior cânion do mundo e um dos locais mais procurados para quem gosta do contato íntimo com a natureza. Mas se você optar por conhecer o local, fique atento a principal recomendação sobre o Cânion Guartelá: Agende sua visita, pois lá só entram 20 pessoas por dia, devido ao cuidado e preservação do Parque Estadual Guartelá, onde fica o cânion.

Ah, não se esqueça de aproveitar para se banhar nos “panelões” de água. Os panelões são formações rochosas repletas de água e que se parecem muito com banheiras de hidromassagem, só que natural, é claro!

O parque fica bem próximo à Curitiba. Se você vai visitar a capital paranaense, não deixe de dar um pulinho no parque.

Veja os 5 mandamentos do Ecoturismo

  1. Da natureza nada se tira a não ser fotos.
  2. Nada se deixa a não ser pegadas.
  3. Nada se leva a não ser recordações.
  4. Andar em silêncio e em grupos pequenos.
  5. Respeitar uma distância dos animais, evitando gerar stress.

O que você achou das dicas? Boas, não? Então aproveite suas próximas férias e curta uma aventura mais próxima da natureza. Não se esqueça de participar comentando em nosso blog e visite também o portal da FalaTurista, com ótimas promoções de hotéis para algumas dessas cidades.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...