Visite Cancún, o paraíso mexicano banhado pelo Mar do Caribe

Quando alguém fala algo sobre cidades mexicanas logo nos vem à mente paisagens típicas como desertos áridos, pessoas vestindo sombreiro e um calor desumano, entretanto, muitos se esquecem de que um dos destinos tropicais mais cobiçados no mundo inteiro está localizado no país, é Cancún, uma das cidades litorâneas mais bonitas do planeta. Que tal mergulhar nesse paraíso? Confira abaixo algumas informações sobre a cidade:

Cancún - Mar do Caribe
Cancún - Mar do Caribe

Não é complicado compreender porque Cancún é um dos locais mais visitados no mundo por turistas que desejam encontrar em seu destino praia, sol, paisagens de perder o folego e excelentes estabelecimentos para a reserva de hotel. Localizado na costa sudoeste mexicana e banhada pelo mar caribenho a cidade gera uma grande dúvida na cabeça de quem a visita: Será que isso tudo é real? Suas praias apresentam uma coloração de mar com infinitas gradações azuis, as areias são de textura macia e as palmeiras dançam de forma elegante ao soprar do vento, dando ao local uma atmosfera lúdica capaz de encantar qualquer mortal.

Hotel Cancún
Hotel Cancún

O clima é de ilha deserta, entretanto, o paraíso fornece algo que vai muito além de lugares para se apresentar a beleza – o turista que visita Cancún pode se preparar para receber do hotel em Cancún que irá se hospedar um verdadeiro tratamento de rei, o local é um verdadeiro resort e em sua extensa orla não é complicado encontrar estabelecimentos hoteleiros de construções magnânimas e incríveis atrativos como piscinas artificiais que se mesclam com a água do mar.

Os passeios na península são diversos, Cancún consegue unir tradição, modernidade e diversão, ao passo que o destino turístico oferece aos seus visitantes a oportunidade de pegar um bronze nas belas praias da região. Também é possível conhecer algumas ruínas maias históricas, nadar dentro de caverna, mergulhar com golfinhos e até mesmo jogar uma partida de golfe em um campo bastante luxuoso. Alguns destinos que estão localizados na região merecem ser visitados também, são o caso da Isla Mujeres (ilha das mulheres) e Ilha de Cozumel, dois paraísos tropicais incríveis. Se você deseja ver um pôr-do-sol inesquecível vá até a Lagoa Nichupté ao cair da tarde, veja o sol se despedir com maestria e continue no local, pois a região é um dos lugares mais badalados de Cancún, inúmeras discotecas abrem as portas e alguns bares oferecem aos visitantes noites regadas a tequila e muita diversão.

Praia de Cancún
Praia de Cancún

O período de alta temporada em Cancún é o mesmo que em muitas cidades brasileiras, as visitas aumentam vertiginosamente entre os meses de dezembro e abril, entretanto após esse período é comum encontrar diversos hotéis que diminuem suas tarifas diárias para atrair turistas. Quem pretende visitar esse paraíso deve levar em consideração uma informação de extrema importância: entre o começo do mês de julho e o começo do mês de novembro a região costuma ser atingida por furacões, então nada de planejar viagens durante esse período – a não ser que você goste desse tipo de “aventura”…

Vai viajar por conta própria? Veja como programar seu passeio

Viajar sem o auxílio das agências tem se tornado um hábito bastante comum entre muitas pessoas, que buscam por preços mais atraentes e maior liberdade. Mas para que isso não se torne um verdadeiro transtorno é necessário seguir uma pequena cartilha de regras para que nada saia do cronograma feito por você. As dicas abaixo são de extrema utilidade para quem deseja viajar sem o auxilio de profissionais:

Passagens aéreas, rodoviárias e outros meios de transporte

viagem de avião
viagem de avião


1-      Antecedência é a palavra chave para esse item, comprar as passagens aéreas alguns meses antes da data prevista para a viagem é economia na certa. Se cadastrar no site da sua companhia aérea favorita e participar do programa de milhagens, pois isso também podem ajudar na hora de adquirir as passagens.

2-      Se você planejou alguns voos domésticos dentro da Europa tenha o cuidado de conferir se a data e o horário permanecerão o mesmo um dia antes da viagem, pois algumas companhias costumam mudar os dias e horários em cima da hora.

3-      Vai viajar de ônibus pelo Brasil? Antes de comprar a passagem certifique-se se o ônibus possui ar condicionado, o mesmo é essencial em viagens longas.

4-      Em cidades do interior do Brasil é comum o serviço de moto táxi, uma excelente opção para quem não tem medo de andar sob duas rodas e quer economizar um pouco no meio de transporte.

Hospedagem

hotel
hotel


1-      A primeira dica aqui é para sua reserva de hotel: procure faze-la com antecedência, principalmente em períodos de alta temporada que os preços costumam se elevar bastante.

2-      Antes de fechar com o hotel escolhido por você verifique no site se o mesmo apresenta tudo que você necessita para noites confortáveis, pois isso pode ser o verdadeiro motivo de transtorno para muitas pessoas que se esquecem de checar esse item.

3-      Imprima sempre os comprovantes de reserva, pois acontecem casos de o sistema do hotel não conseguir localizar as reservas dos hospedes, com o comprovante em mãos você tem como provar que ela foi feita.

Lazer

Lazer durante a viagem
Lazer durante a viagem


1-      A primeira coisa que deve ser feita antes de viajar é verificar as datas comemorativas do destino. Já pensou você ir para um país desconhecido e chegar lá em um dia de feriado, que torna tudo mais difícil? Cheque essas informações, elas são imprescindíveis no momento de marcar a data da viagem.

2-      Se você gosta de visitar museus tenha preferência sempre pelos primeiros e últimos horários, pois o local fica mais vazio e é possível apreciar as obras de arte com mais tranqüilidade e se você não gosta de tumulto evite os finais de semana! Alguns museus apresentam o ingresso gratuito durante 1 dia da semana, verifique qual é, assim você pode economizar.

3-      Já dissemos isso no blog algumas vezes, mas é necessário ressaltar novamente, lembre-se de fazer um cronograma dos passeios escolhidos, anote endereço, horário de abertura e valores cobrados pela entrada, e assim, otimize seu tempo durante o passeio.

Dicas Finas

– Se você está indo para outro país e você não domina o idioma local, ande sempre com uma cartilha com algumas dicas de comunicação;

– Nunca esqueça o mapa da região, ou tenha sempre em mãos um celular com GPS. Evite perda de tempo com dificuldades em achar o destino escolhido para o passeio.

– Fique atento aos lugares onde você vai fazer as suas refeições. Dependendo do país ou região escolhido para a viagem, a gastronomia pode não lhe agradar muito.

Após ficar atento às dicas apresentadas, vocês estará apto para realizar um passeio por conta própria, sem precisar do auxilio de uma empresa de viagens.

Caso você tenha alguma experiência de viagem por conta, não deixe de compartilhar com os leitores do nosso blog.

Perdi meu voo, e agora?

Você sai de casa alguns minutos atrasado com destino ao aeroporto, precisa parar em um posto mais próximo para abastecer e perde alguns minutos, a avenida principal que irá desembocar no aeroporto está totalmente congestionada e não há outra alternativa, a única saída é respirar fundo e esperar. Ao chegar ao balcão de check-in você descobre que não pode mais embarcar, e agora, o que fazer?

Situações como essa é recorrente em aeroportos diariamente, e grande parte dos passageiros ficam totalmente perdidos durante o momento, pensamentos como “já fiz a reserva hotel” ou “será que eu vou perder todo dinheiro investido nessa viagem?” invadem a mente de quem está passando por isso. Veja aqui no nosso blog algumas dicas que podem ser de grande valia caso você passe por essa situação desagradável. Confira:

Atenção aos horários

Horário voos
Horário voos


Essa dica é valiosa e pode fazer com que você evite o indesejável voo perdido! As companhias aéreas em geral avisam, mas é sempre bom ressaltar que o passageiro deve chegar no aeroporto com uma hora de antecedência para voos domésticos e duas horas de antecedência para voos internacionais. Atualmente também existe a opção de realizar o check-in através do site da empresa que você comprou os bilhetes, mas isso não lhe isentará da responsabilidade de levar seus documentos e chegar no horário determinado.

Cheguei atrasado e não consegui embarcar, o que eu faço?

Se o passageiro chegou atrasado por qualquer motivo e não conseguiu embarcar, as empresas aéreas tem o direito de cobrar uma taxa por não comparecimento no momento de remarcar a passagem, e o usuário do serviço também deve estar ciente que seu próximo embarque só será feito quando houver lugar disponível. Algumas companhias não cobram a taxa de remarcação dependendo da classe que o passageiro vai viajar.

Desistência ou alteração da data de embarque

Se você pretende desistir do voo ou até mesmo mudar sua data da viagem deve informar a companhia aérea com certa antecedência. Como dissemos anteriormente, algumas classes de voo ou modelos da passagem permitem que o consumidor remarque o embarque sem custo adicional. No caso de desistência, grande parte das companhias faz o reembolso, porém, isso pode demorar no mínimo trinta dias.

E o tal de overbooking?

Fila aeroporto
Fila aeroporto


O overbooking ocorre quando as companhias aéreas fazem um número de reservas maior do que a capacidade do avião, então alguns passageiros ficam sem voo. Segundo informações da ANAC esse problema deve ser resolvido pela própria empresa que terá três alternativas: colocar o passageiro em outro voo em um período máximo de quatro horas, reembolsar  ou arrumar outro meio de transporte para o passageiro. As empresas também são obrigadas a oferecer auxilio para o passageiro durante o tempo de espera, como internet, alimentação e hospedagem, caso seja necessário permanecer na cidade para aguardar um voo para o dia seguinte.

Com essas dicas, agora basta você se organizar no seu tempo para evitar qualquer desconforto com a perda de um voo. Caso você tenha alguma experiência desagradável de perder um voo, nos conte quais foram as medidas que você tomou para contornar a situação. Participe!

Pratos típicos do Brasil – Conheça os sabores do Brasil

Não são raros os que associam a imagem do Brasil à cultura, diversidade de povos, à terra tropical, diversidade natural e, claro, diversidade culinária. Um país criativo e rico em detalhes que podem impressionar qualquer turista. Os pratos típicos brasileiros são diversificados e conhecidos por todo território nacional, porém alguns são preferidos em determinadas regiões. Muitos foram criados aqui, mas outras culturas também contribuíram para que nossa cozinha ficasse ainda mais atrativa. Conquistamos prestígio internacional, inventando, inovando e aperfeiçoando culinária. É sempre bom conhecer um pouco do que nos espera nos restaurantes pelo Brasil a fora, região por região, por isso, para aproveitar tudo, prepare-se para fazer logo a sua reserva de hotéis. Confira mais detalhes sobre os pratos dos quatro cantos do país:

Sudeste

Feijoada do Sudeste
Feijoada do Sudeste


O primeiro prato clássico da culinária brasileira é a Feijoada, lembrada em todos os Estados. Conhecida também no exterior, a receita que prevalece como preferência nacional é a do Rio de Janeiro, apesar das variações existentes. O feijão preto, ingrediente principal, é transformado em um caldo consistente, acrescido de carne seca, linguiça, lombo, costela e partes do porco. Geralmente vem acompanhada de arroz, laranja, couve e torresmo. No Espírito Santo, a moqueca é especialidade. Um prato preparado na tradicional panela de barro, onde se coze um filé de peixe no molho de tomate, com coentro, cebola, azeite, cebolinha e urucum. Camarões e outros frutos do mar podem ser acrescentados. Os capixabas preferem comer a moqueca acompanhada de pirão, arroz e até moqueca de banana.

Minas Gerais tem típicos temperos marcantes e entre seus pratos estão a carne de porco, a galinha ao molho pardo ou com quiabo e angu, o feijão tropeiro, o arroz carreteiro, o tutu, a farofa, o torresmo, a goiabada com queijo, também conhecida como “romeu e julieta”, e o pão de queijo, comum em todas as cidades brasileiras. O RJ, além de preparar uma das melhores feijoadas do país, contribui com o picadinho de carne com quiabo e o camarão com chuchu. Já a combinação do arroz com o feijão, quase sempre acompanhado por bife acebolado e batatas fritas, é comum em todo país, mas há quem diga que são os paulistas que superam as demais cidades no preparo do prato. A cozinha de SP tornou-se referência mundial, pois é diversificada. As pizzas e as massas, muito consumidas no estado, são de origem italiana e suspeita-se que os apetitosos pastéis sejam provenientes da China. Quem quer apreciar a região já pode para procurar hotéis em São Paulo e hotel no Rio de Janeiro e marcar a viagem!

Nordeste

Acarajé do Nordeste
Acarajé do Nordeste


O Acarajé é o típico prato baiano frito no azeite de dendê, recheado com vatapá, camarão seco e vinagre. Possui sabor exótico aos paladares não habituados. As baianas das barracas de acarajé sempre oferecem aos clientes a opção da pimenta, que acaba por dar toques ainda mais picantes ao bolinho. Os pratos com peixes e frutos do mar são comuns na região litorânea, enquando no sertão prevalecem à carne-se-sol e o charque. Precisamos ainda citar a rapadura, o vatapá, o caruru, o bobó de camarão, a moqueca, os doces, como a cocada, a baba-de-moça, a tapioca e os sucos feitos das frutas típicas do nordeste, como o cajá, a siriguela, a graviola, a pitanga, a pitomba, o jambo e o coco.

Sul

Churrasco do Sul
Churrasco do Sul


O Churrasco é extremamente apreciado no Rio Grande do Sul. As churrascarias de Porto Alegre, por exemplo, são ótimas opções. Tais restaurantes costumam servir, à-la-carte, carnes de boi, porco, carneiro e galeto no espeto, tudo com muito sabor e maciez, preparado por quem entende do assunto. Apesar de ser um prato preferido pelos gaúchos, as carnes são famosas por todo o Brasil. Churrascarias merecedoras de belos elogios podem ser encontradas por todo o país. Na região podemos encontrar também o chimarrão, bebida feita com erva mate, vinhos, trazidos por italianos, o barreado, típico do Paraná, e as tortas de maçã de Santa Catarina.

Centro-oeste

No Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal, são comuns os pratos preparados com peixes, como o dourado recheado, além do arroz carreteiro, do quiabo frito e do pirão.

Norte

Na região do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins, a cozinha também é variada e passa pelos frutos do mar. Os pratos típicos são a caldeirada de tucunaré, tacacá, de origem indígena, tapioca e o pato no tucupi. Os doces de sobremesa normalmente levam castanhas-do-pará e frutas, como açaí, cupuaçu e graviola.

Além de todos os pratos citados,uma bebida alcoólica típica brasileira não pode ficar de fora, a cachaça, ou aguardente de cana-de-açúcar, vendida no Brasil todo.

É impossível visitar o país e deixar de saborear tanta variedade. O FalaTurista tem hotéis perfeitos para qualquer ocasião. Boa viagem e bom apetite!

Estrada da Graciosa – Os encantos da serra paranaense

A capital paranaense é símbolo de organização, beleza e infra-estrutura. Famosa nacionalmente por sua preocupação com a natureza e suas atitudes ecológicas que transparecem esse cuidado, Curitiba é cidade exemplo para as outras grandes metrópoles nacionais. Devido a essas qualidades, ela atrai, anualmente, mais turistas do que o número de habitantes existentes na cidade. Muitas pessoas retornam a Curitiba diversas vezes após a primeira visita, criando com ela um vínculo e troca de experiências.

Quando visitamos a capital pela primeira vez, alguns roteiros devem obrigatoriamente ser feitos, como a visita ao Jardim Botânico, Ópera de Arame e Parque Barigui, porém, se você não é marinheiro de primeira viagem, que tal sair da rota urbana clássica e conhecer a beleza que as estradas do Paraná têm a oferecer? As cidades serranas ficam próximas à região metropolitana, por isso é possível fazer um passeio até lá durante o dia e voltar para passar a noite no Hotel Curitiba no qual você está hospedado. Independente da cidade serrana escolhida por você, o caminho para chegar até lá pode ser o mesmo: a Estrada da Graciosa.

Entrada da Estrada da Graciosa
'Entrada da Estrada da Graciosa

A Estrada da Graciosa não é o único caminho que liga a cidade de Curitiba à serra paranaense, mas, incontestavelmente, é a via mais bonita para se chegar até lá. Considerada uma das estradas mais belas do Brasil por diversas revistas e sites de viagens especializados, a Graciosa encanta os turistas com sua grande diversidade de flora, riachos de águas límpidas, cachoeiras, entre outras surpresas. E, por falar em natureza, a estrada atravessa o trecho de Mata Atlântica mais preservada do país, tornando o passeio ainda mais fascinante.

Além de bela, a Estrada da Graciosa (Rodovia PR-410) é um trajeto de grande importância para a história do Paraná, pois utiliza a famosa e antiga rota dos tropeiros, sentido leste do estado. Construída em 1873, logo após a consolidação da Província do Paraná, a Estrada da Graciosa foi por muitos anos a única estrada pavimentada do estado e ligou o interior ao litoral paranaense, sendo, portanto, a principal rota também para o escoamento da produção agrícola.

Precisaríamos de praticamente um dia inteiro para enumerar as belezas da Estrada da Graciosa, mas, para convencer você de que ela é o melhor caminho para se chegar às cidades serranas, podemos começar pelo Recanto Mãe Catira, uma das reservas ambientais localizadas ao longo da estrada e que é importante também por demarcar o início da viagem.

Ao todo são sete recantos mantidos ao longo da rodovia. Eles facilitam o acesso dos visitantes às belezas da Serra do Mar paranaense e ajudam a preservar a Mata Atlântica. Além da Mãe Catira, você pode conhecer: Vista Lacerda, Rio Cascata, Grota Funda, Bela Vista, Curva da Ferradura e São João da Graciosa.

Estrada da graciosa
Estrada da graciosa

É possível encontrar ainda, no decorrer do trajeto, diversos mirantes, churrasqueiras e até mesmo banheiros. A estrutura disposta ao longo da Estrada da Graciosa é muito boa e permite que você tenha liberdade e aproveite melhor a viagem. Ou seja, você elimina aquela preocupação de ter sempre que encontrar o próximo posto de conveniência para realizar uma refeição ou usar o WC.

Antonina, Morretes, Paranaguá… Não importa a cidade escolhida por você, só ressaltamos que a estrada para se chegar até lá deve ser a Graciosa. A viagem é um verdadeiro espetáculo a parte! O melhor de tudo é que você pode fazer esse passeio maravilhoso e ainda voltar para o seu hotel em Curitiba. Os turistas não podem perder esse passeio de forma alguma.

Caso você esteja procurando por hotéis na região, acesse o site da FalaTurista. Nosso site oferece as melhores opções de hotéis em Curitiba, com certeza, você encontrará a que melhor lhe agrada.

Já conhece a Estrada da Graciosa? Envie seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...