Estrada da Graciosa – Os encantos da serra paranaense

A capital paranaense é símbolo de organização, beleza e infra-estrutura. Famosa nacionalmente por sua preocupação com a natureza e suas atitudes ecológicas que transparecem esse cuidado, Curitiba é cidade exemplo para as outras grandes metrópoles nacionais. Devido a essas qualidades, ela atrai, anualmente, mais turistas do que o número de habitantes existentes na cidade. Muitas pessoas retornam a Curitiba diversas vezes após a primeira visita, criando com ela um vínculo e troca de experiências.

Quando visitamos a capital pela primeira vez, alguns roteiros devem obrigatoriamente ser feitos, como a visita ao Jardim Botânico, Ópera de Arame e Parque Barigui, porém, se você não é marinheiro de primeira viagem, que tal sair da rota urbana clássica e conhecer a beleza que as estradas do Paraná têm a oferecer? As cidades serranas ficam próximas à região metropolitana, por isso é possível fazer um passeio até lá durante o dia e voltar para passar a noite no Hotel Curitiba no qual você está hospedado. Independente da cidade serrana escolhida por você, o caminho para chegar até lá pode ser o mesmo: a Estrada da Graciosa.

Entrada da Estrada da Graciosa
'Entrada da Estrada da Graciosa

A Estrada da Graciosa não é o único caminho que liga a cidade de Curitiba à serra paranaense, mas, incontestavelmente, é a via mais bonita para se chegar até lá. Considerada uma das estradas mais belas do Brasil por diversas revistas e sites de viagens especializados, a Graciosa encanta os turistas com sua grande diversidade de flora, riachos de águas límpidas, cachoeiras, entre outras surpresas. E, por falar em natureza, a estrada atravessa o trecho de Mata Atlântica mais preservada do país, tornando o passeio ainda mais fascinante.

Além de bela, a Estrada da Graciosa (Rodovia PR-410) é um trajeto de grande importância para a história do Paraná, pois utiliza a famosa e antiga rota dos tropeiros, sentido leste do estado. Construída em 1873, logo após a consolidação da Província do Paraná, a Estrada da Graciosa foi por muitos anos a única estrada pavimentada do estado e ligou o interior ao litoral paranaense, sendo, portanto, a principal rota também para o escoamento da produção agrícola.

Precisaríamos de praticamente um dia inteiro para enumerar as belezas da Estrada da Graciosa, mas, para convencer você de que ela é o melhor caminho para se chegar às cidades serranas, podemos começar pelo Recanto Mãe Catira, uma das reservas ambientais localizadas ao longo da estrada e que é importante também por demarcar o início da viagem.

Ao todo são sete recantos mantidos ao longo da rodovia. Eles facilitam o acesso dos visitantes às belezas da Serra do Mar paranaense e ajudam a preservar a Mata Atlântica. Além da Mãe Catira, você pode conhecer: Vista Lacerda, Rio Cascata, Grota Funda, Bela Vista, Curva da Ferradura e São João da Graciosa.

Estrada da graciosa
Estrada da graciosa

É possível encontrar ainda, no decorrer do trajeto, diversos mirantes, churrasqueiras e até mesmo banheiros. A estrutura disposta ao longo da Estrada da Graciosa é muito boa e permite que você tenha liberdade e aproveite melhor a viagem. Ou seja, você elimina aquela preocupação de ter sempre que encontrar o próximo posto de conveniência para realizar uma refeição ou usar o WC.

Antonina, Morretes, Paranaguá… Não importa a cidade escolhida por você, só ressaltamos que a estrada para se chegar até lá deve ser a Graciosa. A viagem é um verdadeiro espetáculo a parte! O melhor de tudo é que você pode fazer esse passeio maravilhoso e ainda voltar para o seu hotel em Curitiba. Os turistas não podem perder esse passeio de forma alguma.

Caso você esteja procurando por hotéis na região, acesse o site da FalaTurista. Nosso site oferece as melhores opções de hotéis em Curitiba, com certeza, você encontrará a que melhor lhe agrada.

Já conhece a Estrada da Graciosa? Envie seu comentário!

Dica Rápida da FalaTurista – Turismo em Curitiba e região

Preparei essa dica rápida para quem pretende conhecer a capital paranaense nos próximos dias ou meses, mas que não sabe nem por onde começar, ou que não quer ficar indo apenas ao Jardim Botânico ou no Palácio Avenida.

Separe alguns dias para conhecer o que a região em volta de Curitiba tem para oferecer. Você não precisa se preocupar com a hospedagem. Fique com sua base no hotel Curitiba que você escolher e prepare seu espírito aventureiro, pois a região é magnífica.

Veja uma pequena lista com alguns lugares:

Parque Estadual de Vila Velha (Ponta Grossa – 100 km de Curitiba);

Vila Velha Parana
Vila Velha Paraná

Ilha do Mel (Litoral Paranaense – 115 km de Curitiba);

Ilha do Mel Parana
Ilha do Mel - Litoral do Paraná

Morretes e Antonina de Trem (Serra Paranaense – 3 horas de viagem);

Passeio de trem pela Serra do Mar paranaense
Passeio de trem pela Serra do Mar paranaense

Cânion Guartelá (entre Tibagi e Castro – 215 km de Curitiba);

Cânion Guartelá - Paraná
Cânion Guartelá - Paraná

Caminho do Vinho (São José dos Pinhais – 25 km do centro de Curitiba);

Caminho do Vinho em São José dos Pinhais
Caminho do Vinho em São José dos Pinhais

Essas dicas rápidas vão tornar seu passeio para Curitiba ainda mais rico de possibilidades e aventuras. Não deixe nenhum deles de fora do seu roteiro.

Boa viagem!

Linha Turismo – Conheça as atrações turísticas de Curitiba

Que tal viajar para capital paranaense? Faça as malas, reserve o seu hotel em Curitiba e venha conhecer o que a cidade tem a oferecer para seus moradores e principalmente para os turistas.

A cidade tem muitas belezas, isso é incontestável, em um simples passeio como o trajeto do aeroporto de Curitiba para o hotel você já pode notar a bela estrutura da cidade. Sabendo disso, a prefeitura da cidade criou uma linha de ônibus exclusiva para turistas, que a bordo do veículo, conhecem cada um dos principais pontos turísticos da cidade.

O visitante que deseja conhecer esses pontos turísticos mais visitados de Curitiba pode embarcar na linha turismo, conhecida popularmente como “Jardineira”, na Praça Tiradentes. O ônibus percorre um trajeto com duração de 2h30, passando por aproximadamente 25 pontos turísticos. Na hora do embarque, o turista recebe um cartão com cinco tíquetes, que lhe da direito a descer nos pontos que deseja conhecer mais a fundo e reembarcar novamente no próximo ônibus. Os veículos são equipados com sistema de som para fornecer informações sobre os locais visitados e essas informações estão em três idiomas: inglês, português e espanhol.

Õnibus da Linha Turismo em Curitiba

São diversos os pontos turísticos que o ônibus percorre, aqui vão alguns deles:

Principais Pontos Turísticos de Curitiba

Praça Tiradentes

Considerada o marco zero de Curitiba, possui a Catedral Basílica de Nossa Senhora da Luz, em seu estilo gótico, restaurada em seu centenário no ano de 1993.

Rua das Flores

A principal rua da cidade, transformada em calçadão em 1972. Ela é um importante eixo do comércio na capital.

Museu ferroviário

Construído na antiga estação, conta a história ferroviária do Estado. O prédio anexo abriga o Museu da Farmácia, o Teatro de Bonecos e a estação Embratel Convention Center, um moderno centro de eventos.

Jardim Botânico

Criado em 1991, seguindo o modelo dos Jardins Franceses, o Jardim Botânico abriga várias espécies de plantas em suas estufas de ferro e vidro. O parque é um dos mais conhecidos e visitados da cidade. Os turistas poderam encontrar diversos hotéis próximos do Jardim Botânico de Curitiba.

Esses são alguns dos pontos turísticos que você poderá conhecer fazendo o passeio na linha turismo de Curitiba. Os ônibus funcionam de terça a domingo das 09h as 17h30, partindo da Praça Tiradentes entre intervalos de meia hora.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...