Estrada da Graciosa – Os encantos da serra paranaense

A capital paranaense é símbolo de organização, beleza e infra-estrutura. Famosa nacionalmente por sua preocupação com a natureza e suas atitudes ecológicas que transparecem esse cuidado, Curitiba é cidade exemplo para as outras grandes metrópoles nacionais. Devido a essas qualidades, ela atrai, anualmente, mais turistas do que o número de habitantes existentes na cidade. Muitas pessoas retornam a Curitiba diversas vezes após a primeira visita, criando com ela um vínculo e troca de experiências.

Quando visitamos a capital pela primeira vez, alguns roteiros devem obrigatoriamente ser feitos, como a visita ao Jardim Botânico, Ópera de Arame e Parque Barigui, porém, se você não é marinheiro de primeira viagem, que tal sair da rota urbana clássica e conhecer a beleza que as estradas do Paraná têm a oferecer? As cidades serranas ficam próximas à região metropolitana, por isso é possível fazer um passeio até lá durante o dia e voltar para passar a noite no Hotel Curitiba no qual você está hospedado. Independente da cidade serrana escolhida por você, o caminho para chegar até lá pode ser o mesmo: a Estrada da Graciosa.

Entrada da Estrada da Graciosa
'Entrada da Estrada da Graciosa

A Estrada da Graciosa não é o único caminho que liga a cidade de Curitiba à serra paranaense, mas, incontestavelmente, é a via mais bonita para se chegar até lá. Considerada uma das estradas mais belas do Brasil por diversas revistas e sites de viagens especializados, a Graciosa encanta os turistas com sua grande diversidade de flora, riachos de águas límpidas, cachoeiras, entre outras surpresas. E, por falar em natureza, a estrada atravessa o trecho de Mata Atlântica mais preservada do país, tornando o passeio ainda mais fascinante.

Além de bela, a Estrada da Graciosa (Rodovia PR-410) é um trajeto de grande importância para a história do Paraná, pois utiliza a famosa e antiga rota dos tropeiros, sentido leste do estado. Construída em 1873, logo após a consolidação da Província do Paraná, a Estrada da Graciosa foi por muitos anos a única estrada pavimentada do estado e ligou o interior ao litoral paranaense, sendo, portanto, a principal rota também para o escoamento da produção agrícola.

Precisaríamos de praticamente um dia inteiro para enumerar as belezas da Estrada da Graciosa, mas, para convencer você de que ela é o melhor caminho para se chegar às cidades serranas, podemos começar pelo Recanto Mãe Catira, uma das reservas ambientais localizadas ao longo da estrada e que é importante também por demarcar o início da viagem.

Ao todo são sete recantos mantidos ao longo da rodovia. Eles facilitam o acesso dos visitantes às belezas da Serra do Mar paranaense e ajudam a preservar a Mata Atlântica. Além da Mãe Catira, você pode conhecer: Vista Lacerda, Rio Cascata, Grota Funda, Bela Vista, Curva da Ferradura e São João da Graciosa.

Estrada da graciosa
Estrada da graciosa

É possível encontrar ainda, no decorrer do trajeto, diversos mirantes, churrasqueiras e até mesmo banheiros. A estrutura disposta ao longo da Estrada da Graciosa é muito boa e permite que você tenha liberdade e aproveite melhor a viagem. Ou seja, você elimina aquela preocupação de ter sempre que encontrar o próximo posto de conveniência para realizar uma refeição ou usar o WC.

Antonina, Morretes, Paranaguá… Não importa a cidade escolhida por você, só ressaltamos que a estrada para se chegar até lá deve ser a Graciosa. A viagem é um verdadeiro espetáculo a parte! O melhor de tudo é que você pode fazer esse passeio maravilhoso e ainda voltar para o seu hotel em Curitiba. Os turistas não podem perder esse passeio de forma alguma.

Caso você esteja procurando por hotéis na região, acesse o site da FalaTurista. Nosso site oferece as melhores opções de hotéis em Curitiba, com certeza, você encontrará a que melhor lhe agrada.

Já conhece a Estrada da Graciosa? Envie seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...