Uma Volta por Berlim – Conheça a capital da Alemanha

Mesmo diante de todo seu contexto histórico, Berlim pode hoje ser considerada uma cidade nova, cujas antigas formas receberam tons de modernidade. Estrangeiros dos quatro cantos do mundo, mais precisamente de 185 nações, chegaram para somar as riquezas culturais da maior cidade alemã. Os turistas que optam por conhecer Berlim têm a oportunidade única de encher os olhos com paisagens encantadoras, que podem sozinhas recontar a história do local, e melhor, sem pagar exageros por isso. Berlim é uma metrópole que se reinventa a cada dia, quem passou por ela há um ano, hoje não a reconhece mais.

Igreja em Berlim
Igreja em Berlim

Após a Segunda Guerra Mundial, a cidade foi dividida em Berlim Oriental e Ocidental, esta última fora cercada pelo Muro de Berlim, entre 1961 e 1989. Somente em 1990 a Alemanha foi reunificada e a cidade recuperou o seu estatuto, como a capital da República Federal Alemanha. Hoje é um dos mais influentes centros de política, cultura e ciência européia. Sua rápida transformação e acelerado desenvolvimento trouxe uma incrível reputação internacional à sua arquitetura, festivais e vida noturna, fazendo com que a cidade passasse a ser um grande centro turístico com ótimo custo benefício.

No que diz respeito à arquitetura da capital, pode-se dizer que, atualmente, ar de modernidade é o que não falta. Prédios altos e torres de vidro foram edificados, principalmente em Potsdamer Platz, bairro da ex-Berlim oriental, que há cerca de 8 anos era um pedaço abandonado da cidade. Por outro lado, a beleza das esculturas e monumentos antigos ainda prevalece, algumas restauradas, como a fachada do histórico Reichstag, o parlamento alemão. Um lugar onde a tecnologia e a contemporaneidade se encontram com deslumbre da arquitetura antiga. A Capital da Alemanha conta com 180 museus; aproximadamente 500 igrejas; mais de 5 mil bares, com cerca de 6.800 marcas de cervejas alemãs; 135 teatros; três óperas; parques e galerias espalhados pela cidade. Uma infinidade de entretenimento, história e diversidade cultural, espera por você em Berlim.

Centro moderno de Berlim
Centro moderno de Berlim

O clima da cidade é considerado mesotérmico, ou seja, de temperaturas amenas, cuja média anual é de 9,4° C. Os meses mais quentes são junho, julho e agosto, com temperaturas médias de 16° a 17° C. Os mais frios são dezembro, janeiro e fevereiro, com temperaturas médias de -0,4° até 1,2°C. Berlim não tem grandes períodos de seca e nem grandes períodos de chuva, onde o verão tende a ser um pouco mais chuvoso. Nas áreas com edificações, um microclima com calor armazenado foi criado, por isso a temperatura pode ser cerca de 4° mais alta na cidade do que nas áreas abertas que a cercam.

Berlim é a residência de várias equipes de esportes, como o Hertha BSC Berlin, um clube de futebol e o ALBA Berlin ou “Berlin Albatrosses”, equipe de basquete, além de já ter sido sede de Copa, em 2006. Foi nessa cidade que o mais antigo clube de futebol do país surgiu, o BFC Germânia, de 1888.  Uma cidade que está sempre buscando a preservação da boa qualidade de vida, sendo o bairro Kreuzberg um bom exemplo disso, pois oferece muita música e artistas aos muitos estrangeiros. Kreuzberg já foi conhecido por sua vida noturna agitada, mas perdeu o reinado para Prenzlauer Berg, depois da queda do Muro de Berlim, devido a curiosidade aguçada de muitos berlinenses por conhecer o antigo lado oriental da cidade.

Casas típicas de Berlim
Casas típicas de Berlim

Os turistas não podem passar por Berlim sem visitar a minicidade moderna Potsdamer Platz, construída entre as antigas pedras da capital. Neste local encontram-se uma infinidade de lojas e as grifes mais conhecidas do mundo. O Pergamon Museum; o Brandenburger Tor; um monumento considerado o marco do reinado de Wilhelm 2º, um imperador alemão; o Palácio de Charlottenburg; o Palácio de Sanssouci; e o Museu Egípcio são pontos que devem entrar para o roteiro. Duas vezes ao ano, uma no verão e outra no inverno, os berlinenses têm a oportunidade de percorrerem diversas exposições diferentes, pois os museus ficam abertos durante 24h, na chamada Zweite Läangste Nacht der Museen (Segunda Longa Noite dos Museus). O neoclássico portão de Brandemburgo, no final da Unter den Linden, é encantador quando observado à noite. O Reichstag, prédio neo-renascentista de 84, que em 1990 recebeu uma cúpula de vidro por onde se pode ver a cidade toda e as catedrais Francesa e Alemã, em Gendarmenmarkt, também não pode ficar de fora.

Para hospedar-se, a FalaTurista tem diversas indicações, entre elas o Apartment Prenzlauer Berg II, um hotel em Berlim próximo ao Portão de Brandemburgo, do Memorial do Muro e Nikolaikirche, antiga igreja. Ao acessar o falaturista.com.br e clicar na opção “internacional” você poderá buscar pelos melhores hotéis em Berlim. Faça a sua reserva, trace o seu roteiro e boa viagem!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...