Perdi meu voo, e agora?

Você sai de casa alguns minutos atrasado com destino ao aeroporto, precisa parar em um posto mais próximo para abastecer e perde alguns minutos, a avenida principal que irá desembocar no aeroporto está totalmente congestionada e não há outra alternativa, a única saída é respirar fundo e esperar. Ao chegar ao balcão de check-in você descobre que não pode mais embarcar, e agora, o que fazer?

Situações como essa é recorrente em aeroportos diariamente, e grande parte dos passageiros ficam totalmente perdidos durante o momento, pensamentos como “já fiz a reserva hotel” ou “será que eu vou perder todo dinheiro investido nessa viagem?” invadem a mente de quem está passando por isso. Veja aqui no nosso blog algumas dicas que podem ser de grande valia caso você passe por essa situação desagradável. Confira:

Atenção aos horários

Horário voos
Horário voos


Essa dica é valiosa e pode fazer com que você evite o indesejável voo perdido! As companhias aéreas em geral avisam, mas é sempre bom ressaltar que o passageiro deve chegar no aeroporto com uma hora de antecedência para voos domésticos e duas horas de antecedência para voos internacionais. Atualmente também existe a opção de realizar o check-in através do site da empresa que você comprou os bilhetes, mas isso não lhe isentará da responsabilidade de levar seus documentos e chegar no horário determinado.

Cheguei atrasado e não consegui embarcar, o que eu faço?

Se o passageiro chegou atrasado por qualquer motivo e não conseguiu embarcar, as empresas aéreas tem o direito de cobrar uma taxa por não comparecimento no momento de remarcar a passagem, e o usuário do serviço também deve estar ciente que seu próximo embarque só será feito quando houver lugar disponível. Algumas companhias não cobram a taxa de remarcação dependendo da classe que o passageiro vai viajar.

Desistência ou alteração da data de embarque

Se você pretende desistir do voo ou até mesmo mudar sua data da viagem deve informar a companhia aérea com certa antecedência. Como dissemos anteriormente, algumas classes de voo ou modelos da passagem permitem que o consumidor remarque o embarque sem custo adicional. No caso de desistência, grande parte das companhias faz o reembolso, porém, isso pode demorar no mínimo trinta dias.

E o tal de overbooking?

Fila aeroporto
Fila aeroporto


O overbooking ocorre quando as companhias aéreas fazem um número de reservas maior do que a capacidade do avião, então alguns passageiros ficam sem voo. Segundo informações da ANAC esse problema deve ser resolvido pela própria empresa que terá três alternativas: colocar o passageiro em outro voo em um período máximo de quatro horas, reembolsar  ou arrumar outro meio de transporte para o passageiro. As empresas também são obrigadas a oferecer auxilio para o passageiro durante o tempo de espera, como internet, alimentação e hospedagem, caso seja necessário permanecer na cidade para aguardar um voo para o dia seguinte.

Com essas dicas, agora basta você se organizar no seu tempo para evitar qualquer desconforto com a perda de um voo. Caso você tenha alguma experiência desagradável de perder um voo, nos conte quais foram as medidas que você tomou para contornar a situação. Participe!

Dicas para fazer uma viagem tranquila de avião

Chegou o grande momento! Aquela viagem que você tanto aguardava. A reserva do hotel está confirmada, as malas prontas, os roteiros definidos e a passagem comprada. Mas se a viagem é de avião, um frio na barriga pode tomar conta de você. Até as pessoas que estão acostumadas as viagens áreas sentem-se um pouco inseguras ao entrar em um avião. E a primeira viajem? É a mais apavorante de todas. Não tem como ficar quieto, o sentimento de pânico toma conta de muitas pessoas, a vontade de chegar logo ao destino é o único pensamento e o pouso do avião é o momento de maior alívio.

Viagem de avião
Viagem de avião - Dicas

É claro, que o relato acima não é vivenciado por todas as pessoas que fazem a primeira viajem de avião. Muitos ficam confortáveis, conseguem trabalhar melhor com seus medos, e às vezes, nem medo sentem! Mas como eu acredito que muitas pessoas ainda sentem medo de viagem de avião, mas sabem que será inevitável encará-la, preparei algumas dicas para fazer uma viagem tranquila de avião, seja ela a primeira, segunda, terceira…

Chegue cedo ao aeroporto

Isso é fundamental para começar bem a viagem. As companhias aéreas pedem pelo menos uma hora de antecedência. O processo de embarque, muitas vezes, é demorado e, se o aeroporto, por algum motivo qualquer, estiver lotado, você corre o risco até de perder o voo. Por isso, programe seu dia de viagem para que ele seja o menos intenso possível. Se você estiver em casa, deixe tudo arrumado para que você saia para o aeroporto tranquilamente. Se você estiver em um hotel, não deixe para acertar suas contas na última hora!

Aeroportos no Brasil
Aeroportos no Brasil. Fonte: algaraviation.com.br

Tenha sempre em mãos passagem e documentos

Assim como em uma viagem de ônibus, as companhias aéreas exigem do passageiro um documento com foto e a passagem. É evidente que esses documentos acompanham qualquer pessoa, principalmente em uma viagem, mas não custa reforçar, né?

Não fique com dúvidas. Pergunte!

É muito comum, até para os mais experientes, dúvidas durante a espera do voo. Muitas vezes, acontecem trocas de portões de embarque, passageiros que embarcam na pista ou em plataformas, e até mesmo, a troca de avião ou companhia área. Se na hora você se sentir perdido, não pense duas vezes, pergunte para um profissional do aeroporto ou da companhia aérea.

Bagagem

Planejando sua viagem
Planejando sua viagem

A bagagem também gera muitos desconfortos para os “aeronautas de primeira viagem”. Sempre fica uma dúvida sobre: Para onde minha mala vai? Fique tranquilo, o sistema logístico das bagagens é muito bom. Mas é claro que ele falha de vez em quando. Existem casos de bagagens que não acompanham seus donos pela viagem. Aí sim, o desgaste pode ser grande, mas paciência, qual sistema é 100% confiável nesse mundo?

Que roupa vestir para uma viagem de avião?

Os aviões são ambientes um pouco desagradáveis. Existe a primeira classe, com muito conforto e comodidade, mas a grande maioria, assim como eu, só tem a classe econômica como opção (pelo menos por enquanto…). Então, cuidado com a roupa que você escolherá, pois ela pode tornar a sua viagem bem desagradável. Evite roupas apertadas e curtas, pense que o espaço entre as poltronas é reduzido e que você pode enfrentar alguns desconfortos.

Outro detalhe importante é tomar cuidado com as temperaturas divergentes entre origem e destino de viagem. Por exemplo, se você está em Curitiba, e vai para Fortaleza, evite roupas pesadas e difíceis de carregar. É melhor enfrentar um pouco de frio no embarque, do que ficar com um blusão durante sua viagem pelo nordeste. O mesmo vale para a situação inversa.

Turbulências

Evite pânico e obedeça as recomendações dos pilotos e comissários. Turbulências são mais comuns do que você pode imaginar e os aviões estão preparados para enfrentá-las. É claro que o medo é muito grande durante o tempo de turbulência, e às vezes um minuto se transforma em uma hora de aflição. O mais importante é respirar fundo e aguardar o fim das chacoalhadas e seguir bem a viagem.

Qualquer problema durante o voo chame os comissários de bordo

Comissário de bordo no avião
Comissário de bordo no avião

Para finalizar as dicas do blog da FalaTurista, vamos falar dos comissários de bordo. Esses profissionais estão no voo para lhe servir e tirar todas as dúvidas que venham a surgir. Eles estão preparados para lidar com qualquer tipo de situação e orientam muito bem todos os passageiros, principalmente os de primeira viagem. Então se você tiver alguma dúvida, chame o comissário.

Caos aéreo nos aeroportos: Esse ano o Brasil precisa mudar

Quando se aproxima o mês de dezembro há um aumento considerável de pessoas viajando. Vários são as opções de turismo escolhidas para desfrutar das férias Esse crescimento de pessoas nos aeroportos e rodoviárias geram problemas que já são comuns durante essa época do ano. Para evitar grande aglomeração nos aeroportos devido a cancelamentos e atrasos de vôos, a ANAC resolveu por fim no overbooking (quando as empresas vendem mais passagens do que assentos disponíveis) e também exigir o endosso aos passageiros, ou seja, caso seu vôo atrase mais de 3 horas você terá o direito de embarcar em outro vôo que faça o mesmo trajeto, sem custos adicionais.

Longa Espera nos aeroportos do Brasil
Longa Espera nos aeroportos do Brasil

Antes da proibição do overbooking, a ANAC permitia que as companhias aéreas vendessem mais passagens do que poderiam comportar, mas as mesmas deveriam dar assistência ao consumidor, pagando hotel, alimentação e até devolver o dinheiro do valor da passagem, se necessário. Entretanto, essas transações eram complicadas, as empresas aéreas não cumpriam o trato de forma correta e na maioria das vezes acabavam lesando os passageiros, que ficavam horas no aeroporto a espera de um novo embarque. Cenas dessas espera são comuns nos aeroportos de São Paulo e Rio de Janeiro, por exemplo.

A concorrência entre companhias aéreas no Brasil facilitou a vida da população. Com os bilhetes aéreos sendo vendidos a preços acessíveis, o aumento de pessoas utilizando esse tipo de transporte está crescendo em grande escala; entre os meses de janeiro e outubro o aumento foi de 25% e segundo pesquisas, esse número tende a aumentar ainda mais. Porém, as companhias precisam se preparar melhor para essa grande expansão de mercado, por isso, entre as medidas tomadas pela ANAC para conter o caos aéreo, comum nos finais de ano, está a de aumentar o número de colaboradores das empresas aéreas. E parece que elas vêm cumprindo com o combinado; a TAM contratou cerca de 700 pessoas para trabalhar nos aeroportos e 1.300 tripulantes. A Webjet aumentou o seu quadro com mais 130 colaboradores. A Gol contratou cerca de 300 pessoas e a Avianca e a Trip disseram que estão fazendo novas contratações. Para que os direitos dos passageiros sejam respeitados, a ANAC vai remanejar aproximadamente 120 novos fiscais; os profissionais ficarão distribuídos em Guarulhos, Congonhas – São Paulo, Galeão, Brasília, Confins, Porto Alegre, Fortaleza, Recife, Salvador, Vitória e Manaus. A agência também proibiu que os gerentes tirem férias entre o período de 17 a 31 de dezembro.

Caos aéreo no Brasil
Caos aéreo no Brasil

Todos esses cuidados da ANAC visam, principalmente, evitar transtornos nos aeroportos causados pela desorganização das companhias aéreas. Cenas como as que presenciamos no ano de 2009, mancharam a reputação dos órgãos competentes do governo brasileiro e das próprias companhias, que demonstraram total despreparo para o crescimento desse segmento.

Vamos torcer, para que a partir de agora, essas mudanças possam refletir em um melhor atendimento para os usuários por longos anos. Claro que o Brasil ainda precisa investir muito em infra-estrutura, principalmente nos aeroportos e nas companhias aéreas, mas esse já foi um primeiro passo importante para a evolução do país.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...