Blog

  • Brasil caminha para maior crise econômica da história

    O surto de coronavírus surtiu em diversas consequências avassaladoras para a economia do país e o Brasil caminha para o que parece ser a sua maior crise econômica.

    Não é novidade que a pandemia de coronavírus tenha gerado efeitos negativos em uma escala mundial. Mas o que é importante enfatizar é que esta crise evidenciou diversos problemas sociais e econômicos que países como o Brasil já enfrentavam.

    Um dos problemas que ficam mais evidentes durante este período foi o alto índice do teto do seguro-desemprego 2022. Muitos brasileiros acreditam que a situação surgiu após o surto de coronavírus, mas é verdade é que em fevereiro de 2020, pouco antes da quarentena começar no país, milhões de brasileiros já se encontravam na fila do desemprego.

    Em março de 2020, especialistas da economia já haviam previsto que cerca de 25 milhões de brasileiros passariam a compor esse número de desempregados. Isto contando com os trabalhadores oficias, ou seja, aqueles que trabalham por intermédio da CLT.

    O número é ainda maior quando incluímos o percentual de trabalhadores informais e autônomos na projeção do desemprego, mesmo que estes não possam requerer benefícios como o seguro desemprego, igualmente medidor do índice de empregabilidade no país.

    O seguro desemprego é um dos recursos que tem sido mais utilizados para atuar contra os problemas gerados pela questão das demissões em massa. Em 2020, as solicitações do benefício ultrapassaram todas as médias esperadas e a expectativa é que este número ainda seja preocupante em 2021.

    De acordo com o Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS), órgãos responsáveis pelo pagamento do seguro, milhões de brasileiros ainda estarão a agendar Seguro Desemprego em 2022.

    Uma outra ferramenta de auxílio que também tem se mostrado como indicadora da situação econômica do país é o programa Bolsa Família, uma iniciativa que promove a transferência de renda para famílias de baixa e média renda.

    Como indicado anteriormente, a situação econômica no país já era alarmante e mais de 13 milhões de brasileiros se encontravam cadastrados ou na lista de espera do benefício. Esse percentual de possíveis dependentes do auxílio cresceu em 2020.

    Ainda que o Governo Federal tenha promovido o pagamento do auxílio emergencial tanto para os trabalhadores prejudicados pela crise quanto para os beneficiários do Bolsa Família, a medida ainda não se mostrou integralmente suficiente para reerguer a economia.

    O que se espera é que novos programas e medidas de suavização dos efeitos do coronavírus possam direcionar o país rumo a estabilidade econômica a longo prazo.

    READ MORE
  • Receita Federal abre consulta ao quinto lote de restituição

    O Imposto de Renda Retido na Fonte trata-se da obrigação tributária que uma pessoa jurídica ou a ela equiparada é obrigada a reter em relação aos trabalhadores que ela emprega. Nesses casos quem tem a obrigação de recolher é o pagar em vez do beneficiário, e muitas pessoas possuem dúvidas as respeito do processo, mas a Receita traz uma série de informações e esclarecimentos a respeito.

    Um detalhe muito importante para quem tem empresa ou é equiparado a mesma, portanto, é fundamental saber desses detalhes para ficar com tudo em dia e sem nenhuma pendência com a Receita. No site da Receita Federal é possível fazer a consulta de alíquotas e tabelas referentes a esse imposto de renda retido na fonte.

    Essa declaração ocorre todos os anos e sempre usa o ano anterior como base, assim como funciona a declaração do imposto de renda normal. Inclusive, já está disponível o programa da Receita Federal para a declaração do Imposto de Renda 2022, baixe aqui…

    Tabela para Imposto de Renda Retido na Fonte

    A Receita Federal disponibiliza a tabela progressiva para cálculo mensal do imposto sobre a Renda da pessoa física, a mesma passa por atualização todos os anos e é importante consultar o documento correto.

    Na imagem abaixo você tem a tabela do Imposto de Renda Retido na Fonte referente ao ano de 2022 que tem como ano base o de 2018, vejam os dados abaixo:

    Para consultar por completo a tabela e todas as demais informações basta acessar o site da Receita que lá tem o conteúdo completo. Fundamental que você saiba todas as alíquotas e alterações, o que normalmente ocorre de ano em ano.

    Acesse por esse link e obtenha informações referentes ao processo: www.receita.fazenda.gov.br. É muito importante acompanhar todos os detalhes e informações para que você saiba os dados corretamente, e no site da Receita tem todas as informações que você precisa saber.

    Manual Imposto de Renda Retido na Fonte

    Você pode consultar o manual do imposto de renda retido na fonte, é um documento muito importante para que você consiga efetuar o procedimento correto. Quem disponibiliza esse documento é a própria Receita, que mais uma vez procura ajudar os contribuintes. Acesse o manual através do site da Receita Federal, segue o link: www.receita.fazenda.gov.br

    Acesse o manual, veja como funciona o procedimento, e tire todas as suas dúvidas a respeito do processo. É fundamental que você saiba todas as informações a respeito para fazer o procedimento correto a cerca disso.

    Esses são os fundos de longo prazo e aplicações de renda fixa, em geral:

    • 22,5% para aplicações com prazo de até 180 dias;
    • 20,0% para aplicações com prazo de 181 até 360 dias;
    • 17,5% para aplicações com prazo de 361 até 720 dias;
    • 15,0% para aplicações com prazo acima de 720 dias.

    READ MORE
  • 7 Cursos Rápidos Quem Possuem Maior Empregabilidade

    Quem começou agora ou quem precisa voltar rapidamente para o mercado de trabalho, precisa de soluções práticas que funcionem em pouco tempo. Para este público, vale lembrar que há diversos cursos de curta duração que possuem uma grande oferta de vagas no mercado de trabalho. Você sabe quais são? Confira no texto a seguir 7 cursos rápidos que possuem maior índice de empregabilidade.

    Conheça as oportunidades do Senac São Paulo.

    O mercado de trabalho não facilita na concorrência, e quem possuir o melhor currículo terá as melhores oportunidades. Por isso, muita gente que quer melhorar a sua formação profissional tem optado pode cursos técnicos e profissionalizantes.

    E para quem quer começar a sua formação em uma instituição de qualidade, é indispensável conferir os Senac cursos. O Senac é uma instituição de excelência em qualidade de ensino e já formou muitos estudantes das mais diferentes áreas.

    Técnico em Rede de Computadores

    Com o avanço da tecnologia, muitas empresas foram obrigadas a investir em seu aperfeiçoamento e desempenho na internet, e com isso, as áreas passaram a ser mais valorizadas. Para quem deseja começar um curso rápido e de qualidade, uma boa dica é procurar pela formação técnica em Rede de Computadores.

    Técnico em Enfermagem

    Enfermagem pode até ser a área menos visualizada da saúde, entretanto este cenário tem mudado cada vez mais. Isto porque, o profissional de Enfermagem tem um amplo campo para exercer suas funções.

    Técnico em Segurança do Trabalho

    Indispensável para qualquer empresa, o técnico em Segurança do Trabalho tem sido muito requisitado no mercado de trabalho. Além de ser um curso rápido, vale lembrar que este funcionário poderá trabalhar em diversos ambientes.

    Técnico em Meio Ambiente

    Outra formação que ganhou bastante espaço entre os estudantes, foi a de técnico em Meio Ambiente. O profissional pode trabalhar tanto em construção como para empresa privada.

    Técnico em Eletrotécnica

    Eletrotécnica é um curso que nunca sai de moda, e quase sempre tem um bom retorno financeiro. A demanda no mercado para este profissional tem sido alta.

    Técnico em Logística

    Responsável pelo planejamento, organização e coordenação de operações que afetam diretamente a empresa, o técnico em Logística poderá encontrar facilmente o seu espaço no mercado.

    Técnico em Mecânica

    O técnico em mecânica irá lidar diretamente com montagem, instalação e manutenção de maquinas e equipamentos. Parte da empregabilidade deste curso irá depender das oportunidades para cada estado, por isso, vale conferir antes como anda o mercado de trabalho para essa área na sua região.

    READ MORE
  • Relatório Maio 2018

    Confira as ultimas noticias do cenário econômico desses mês de Maio e veja as melhores notícias.

    Em Foco: encerramento do Financial Forum

    Conheça alguns dos produtos apresentados por patrocinadores durante as reuniões de negócio

    SÃO PAULO – No último dia do Financial Forum deste ano os participantes tiveram atividades de entretenimento para descansar dos outros dois anteriores mais pesados, com muito conteúdo e agenda bem apertada. Mas para os que não tiveram oportunidade de visitar alguma “business suíte”, ainda houve tempo na manhã do sábado.

    Alguns patrocinadores contaram a FinancialTV sobre os produtos que foram apresentados durante as reuniões de negócios e falaram sobre como foi a recepção dos CFOs para as novidades.

    Novo modelo faz hospital economizar R$ 30 mil ao mês

    Economia, vista no Albert Einstein, foi permitida com instalação de equipamentos de compensação de energia

    SÃO PAULO – O Hospital Israelita Albert Einstein investiu cerca de R$ 350 mil na instalação de equipamentos de compensação para a energia reativa. O projeto concluiu a primeira etapa com a implantação de quatro sistemas de 300 kVAr, em média, cada um, proporcionando um impacto significativo na fatura mensal e na estabilização da energia fornecida. De acordo com o hospital, a redução foi de aproximadamente R$ 30 mil e, a estimativa é de que em 12 meses o valor do investimento possa ser pago por meio da economia gerada.

    Após os resultados obtidos, a instituição passou para a segunda etapa do projeto adquirindo mais três equipamentos para o hospital central, no bairro do Morumbi, e outros cinco sistemas para as clínicas remotas do Hospital Israelita Albert Einstein.

    A instalação dos equipamentos de compensação também proporcionou uma melhoria da energia fornecida aos equipamentos eletromédicos e possibilitou o uso dos elevadores nos momentos em que os geradores estavam em operação, eliminando um transtorno para os usuários nessas ocasiões.

    READ MORE